FACEBOOK

Federação Paulista devolve camarote, no Allianz Parque, após Palmeiras romper ligações com a entidade

Decisão da diretoria palmeirense em romper com a federação, após polêmicas na final do Paulista, foi o motivo da devolução do camarote por parte do presidente da FPF Reinaldo Carneiro Bastos

Devolução do espaço faz com que presidente da Crefisa e FAM ocupe o local para recepcionar convidados nos eventos dentro da Arena. 

A final do Campeonato Paulista segue sendo um dos assuntos mais corrqueiros na Academia de Futebol e na sede da Federação Paulista de Futebol. Após as polêmicas que aconteceram na final, no clássico entre Palmeiras e Corinthians, o presidente da FPF Reinado Carneiro Bastos resolveu devolver o camarote que a Federação tinha dentro do Allianz Parque. Apesar de ocupar o camarote há muitos anos, a FPF não tinha custos fixos para a manutenção do espaço e apenas custeava melhoras para suas próprias comodidades.
Foto: allianzparque.com.br
Bastos resolveu fazer a devolução por conta da briga que vem travando com o clube alviverde. Para a Sociedade Esportiva Palmeiras houve interferência externa - conforme já foi provado - e a para a Federação Paulista de Futebol não existiu. O pivô desas "confusão" foi o diretor de arbitragem Dioníosio Roberto Domingos acusado pelo Palmeiras de ter sido o principal culpado, na interferência, mandando anular o pênalti marcado em cima do atacante Dudu.

O vazio do camarote não demorou muito para ser ocupado, Leila Pereira, presidente das empresas Crefisa e Facudade das Amérimas (FAM) confirmou que suas empresas vão assumir o local deixado pela Federação Paulista. Com esse novo espaço adquirido as empresas Crefisa e FAM passarão a ter cinco camarotes, dentro da Arena, para receber seus convidados em dias de jogos e em shows.

Postar um comentário

0 Comentários