FACEBOOK

História Verde - A injustiça com Evair

Em 1994, o Brasil voltou  a ganhar uma Copa do Mundo, depois de 24 anos. A seleção de Parreira conquistou o Tetra, contra a Itália, depois de Roberto Baggio mandar na lua a sua cobrança de pênalti. O centroavante Romário foi o nome daquela Copa, com brilhantes atuações, ajudou muito o Brasil na conquista daquele título, porém, quem deveria ser o seu reserva imediato, não estava lá.

E quem deveria o reserva imediato de Romário? Evair Aparecido Paulino. Por que? Porque Evair era o maior centroavante do futebol brasileiro naquela ocasião. Pra se ter uma ideia, Evair fez 53 gols no ano de 1994, e no período daquela Copa, era o artilheiro do Campeonato Paulista com 23 gols, e bi-campeão da competição.

Além disso, Evair foi convocado para todos os amistosos da seleção naquela ocasião e para todos os jogos das eliminatórias, inclusive, ele estava presente no álbum de figurinhas da seleção. Seu nome para ir aos EUA era praticamente certo, mas Evair não foi. Parreira convocou Paulo Sérgio, Viola, e até Ronaldo(sim o fenômeno) com apenas 17 anos, mas não convocou Evair.

Depois da Copa, Evair ainda foi campeão brasileiro, antes de ir para o Japão em 1995. Evair não seria titular da seleção naquela copa a vaga era de Romário e isso ninguém contesta, mas certamente, Evair era quem mais merecia ser o substituto do baixinho caso a seleção precisasse.


Postar um comentário

0 Comentários