FACEBOOK

Ainda sem Ramires, é hora de dar sequência ao Matheus Fernandes; Bruno Henrique parece não estar bem fisicamente


É inegável a importância de Bruno Henrique no Palmeiras. Jogou muito na campanha do título Brasileiro em 2018. Já em 2019, antes da parada da copa América, era visto por muitos como o melhor volante do país. Alguns comentaristas chegaram até criticar o técnico Tite por não convoca -lo.

Na campanha do Deca, o volante foi um dos melhores daquele time vencedor, tanto que venceu a Bola de Prata como um dos melhores da posição no Campeonato Brasileiro. É também um volante artilheiro, ao todo já foram 22 tentos em 118 jogos pelo Verdão. Ano passado ficou atrás apenas de Borja e Willian como artilheiro da equipe, marcando 16 gols.

Bruno Henrique estava jogando muito, mas veio a parada para a Copa América e o jogador não conseguiu retomar o bom futebol. Concordo com as opiniões que o jovem Matheus Fernandes deveria ter uma sequência no time de Felipão. Bruno Henrique parece estar mal fisicamente. Nos últimos jogos, principalmente no empate contra o Corinthians, ficou claro que Felipe Melo está sobrecarregado, tendo que marcar pelo camisa 19.

É hora de dar sequência ao bom Matheus Fernandes! Até agora ele fez apenas dois jogos - no empate diante do CSA e na partida contra o Vasco, também empatada, ambos pelo Brasileirão. Contra os alagoanos, atuou por sete minutos e no duelo diante do Cruzmaltino, atuou por 17.

A gente conhece pouco do Matheus. Mas, com a queda técnica de Bruno Henrique, acho que é hora de testar, dar uma sequência ao atleta de 21 anos. No Botafogo, sua antiga equipe, foi um dos destaques, sendo uma das revelações do Brasileirão 2018.

No começo deste ano, após seu ótimo desempenho no time carioca, assinou por cinco anos com o Palmeiras.

Outro jogador que também poderia ser opção, é o experiente Ramires. O camisa 18 desde que chegou, atuou apenas na derrota contra o Ceará por 2 x 0 e após isso, foi diagnosticado com um problema no tendão do músculo adutor da coxa direita, mas já está recuperado.

Atualmente ele está em transição física e não deve demorar a atuar novamente. Mas enquanto ele não volta e com a queda do Bruno Henrique, fica a pergunta: porque não dar uma sequência ao Matheus Fernandes?

Postar um comentário

0 Comentários