FACEBOOK

Thiago Martins se diz feliz no Palmeiras e elogia Roger Machado: "É sempre claro e aberto"

Titular da zaga ao lado do Antônio Carlos, Thiago Martins agradeceu a oportunidade de estar no clube e elogiou o técnico Roger Machado

Thiago Martins titular absoluto ao lado de Antônio Carlos, o zagueiro concedeu entrevista nesta terça-feira na Academia de Futebol, ele fez questão de elogiar o técnico Roger Machado.

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
“Ele (Roger Machado) é sempre claro e aberto. Temos um grupo sensacional que tem concorrência em todas as posições. Todos se dedicam nos treinos, fazem o melhor, e eu fico feliz pela minha escolha. Com essa oportunidade, eu preciso me dedicar ainda mais todos os dias, sabendo que todos que estão de fora torcem para eu ir bem”, falou.

Thiago comentou sobre a felicidade de estar de volta ao Alviverde: “É fruto de um trabalho que vem sendo feito há muitos anos. Feliz por estar no Palmeiras, ter sido inscrito no Paulista e hoje ter a oportunidade de ser titular. Tenho de continuar na mesma batida, fazendo o meu melhor. Agradeço a todos, desde o Roger pela escolha até os meus companheiros pelo trabalho em campo. Sem eles, eu não teria essa oportunidade. Eles estão me ajudando bastante, e eu espero ajudá-los sempre”, afirmou. 

O defensor ainda comentou sobre jogar com os mais experientes do elenco: “Aqui no Palmeiras, mesmo tendo Dudu, Felipe Melo, Dracena, Prass, vários jogadores com perfil de liderança, nós, que somos mais novos, temos a abertura de chegar e cobrar. Não tem vaidade. A gente tem de se cobrar em campo para cada um se ajudar. Estou no Palmeiras há algum tempo, mas sempre aprendendo com os mais experientes. Trabalhando assim não tem como dar errado, estamos no caminho certo. Sempre conversando e cobrando um ao outro em prol do Palmeiras”, declarou.

“O Papagaio é uma figura, vocês vão conhecê-lo bastante (risos). Gente boa demais. O Fernando também, Pedrão, Luan... Todos que estão vindo treinar com a gente. Tento passar um pouco de experiência. Claro que os experientes passarão muito mais, mas o pouco que temos, nós passaremos. O que nós pudermos ajudar para essa transição ser mais fácil, faremos. O Papagaio já jogou, o Fernando fez gol... Com certeza eles nos ajudarão bastante, até nos treinos porque colocam uma intensidade boa”, completou.

Postar um comentário

0 Comentários