FACEBOOK

História Verde: Luis Pereira, o Chevrolet

Você já ouviu falar em Luís Pereira? Provavelmente muitos se lembrarão daquele episódio de Chaves onde o Kiko e ele discutem para ver quem será o Luis Pereira. Apesar disso, a maioria o conhece por causa do futebol, é claro. Luis Pereira é considerado um dos maiores zagueiros da história do Palmeiras, e por que não dizer o maior?

Luis Edmundo Pereira nasceu ano de 1949 em Juazeiro, Bahia. Começou a carreira no São Bento de Sorocaba, e era conhecido como Chevrolet, devido as arrancadas que dava em direção ao ataque e por ter jogado na General Motors.

Luis Pereira tinha um estilo moderno, era habilidoso e se apresentava bem no ataque. No futebol amador, o Chevrolet atuou como centroavante e usou dessa experiência quando recuou para zagueiro central. No Palmeiras, Luis chegou em 1968, para fazer parte daquela segunda academia junto de Leão, Ademir da Guia, Leivinha e outros.

No Palmeiras, Luis Pereira foi campeão brasileiro três vezes (1969,1972,1973), além de ganhar dois paulistas (1972 e 1974), ficando até 1975, quando foi para o Atlético de Madrid da Espanha, junto com o companheiro Leivinha.

No Atlético de Madrid também se tornou ídolo, jogando sete temporadas, ganhando uma Copa da Espanha (75-76) e um Campeonato Espanhol (76-77). Foi na Espanha, inclusive, que ele ganhou o apelido de Don Luís.

Na seleção brasileira, o Chevrolet  foi titular da Copa de 1974, mas acabou entrando para a história por ter sido o primeiro jogador brasileiro a ser expulso em Copas, no jogo contra a Holanda, onde o Brasil perdeu por 2x0 e foi eliminado.

No mesmo ano, Luis Pereira voltou da Copa, para fazer mais história no Palmeiras, ganhando o campeonato paulista contra o maior rival. O Corinthians estava em seu vigésimo ano sem título, e as expectativas para o fim daquele jejum eram enormes, ainda mais porque o Corinthians contava com Rivellino, mas foi justamente num desarme em Rivellino, que o Chevrolet começou a construir a jogada do gol de Ronaldo, o gol do título palmeirense.

Luis Pereira também jogou no Flamengo, ganhando um campeonato carioca em 1981, antes de voltara para o Palmeiras no mesmo ano, porém, dessa vez ele voltava a um Palmeiras que já não era mais o mesmo de sua primeira passagem, o clube enfrentava um período longo sem conquistar, com times que não faziam jus a história vitoriosa alviverde. Mesmo assim, a sua segunda passagem durou até 1984.

Depois passou por Portuguesa, Corinthians, Santo André, Central de Cotia, São Bernardo, São Bento novamente, onde veio a se aposentar no São Caetano em 1997, já com 47 anos. A carreira do Chevrolet foi longa, mas seu auge foi anos 70, no Palmeiras e no Atlético de Madrid.

No Palmeiras, Luis Pereira é o maior zagueiro artilheiro da história do clube, com 35 gols. Hoje, o Chevrolet trabalha como olheiro do Atlético de Madrid.

Postar um comentário

0 Comentários